Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2015 > Junho > Produtora do documentário Sem Pena afirma que encarceramento não é resposta para o crime

Notícias

Produtora do documentário Sem Pena afirma que encarceramento não é resposta para o crime

POLÍTICAS PÚBLICAS

No Cine com Debate, Marina Dias defendeu que redução da maioridade penal pode agravar situação de violência
publicado  em 30/06/2015 18h01


Brasília, 30 – A redução da maioridade penal simplifica uma situação complexa e pode resultar no aumento da violência. A ideia foi defendida pela produtora do filme Sem Pena e conselheira do Instituto de Defesa do Direito de Defesa de São Paulo, Marina Dias. Ela participou nessa segunda-feira (29) do Cine com Debate, promovido pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). “O encarceramento não é resposta para o crime. Estamos falando sobre redução da maioridade penal quando apenas 5% a 8% dos homicídios são investigados no país”, afirmou.



Para ela, a prisão deve ser a última hipótese para lidar com a criminalidade. “Precisamos apostar numa política de fortalecimento de alternativas penais, como prestação de serviços à comunidade, mediação de conflitos, justiça restaurativa, que têm como objetivo restaurar, reeducar e não punir”, reforça.

Durante o debate, o coordenador-geral de Medidas Socioeducativas do MDS, Francisco Brito, destacou que o sistema prisional perdeu seu objeto e busca no encarceramento uma resposta que não é a melhor. “O tema da redução está diretamente ligado a essa questão porque ele entra como uma cortina de fumaça, atropelando a discussão e não debatendo com a sociedade uma realidade que precisamos cuidar.”

Francisco ressaltou que a maioria dos adolescentes são homens, negros e pobres que trazem nas suas trajetórias de vida a marca da exclusão. “O encarceramento não atende às necessidades de ressocialização. O sistema socioeducativo, com medidas de meio aberto, seja de liberdade assistida ou prestação de serviços a comunidade, são prevalentes e preferenciais.”

Adversidades Exibido no Cine com Debate, o filme Sem Pena, do diretor Eugenio Puppo, mostra as adversidades vividas pelas pessoas presas e processadas criminalmente no Brasil. Apresenta testemunhos de juízes, promotores, advogados e especialistas do sistema de justiça criminal. A partir de imagens impactantes de prisões brasileiras, o documentário pretende estimular uma análise crítica da realidade do sistema de justiça, destacando temas relativos à alta taxa de encarceramento e a falta de acesso à justiça no Brasil.

O Cine com Debate tem como objetivo aprofundar a discussão sobre assuntos relacionados ao desenvolvimento social no Brasil e no mundo. Com a ajuda de filmes prioritariamente de produção nacional, temáticas sociais serão discutidas mensalmente, sempre na tarde da última 2ª feira do mês.

Informações sobre os programas do MDS:
0800-707-2003
mdspravoce.mds.gov.br

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021
www.mds.gov.br/saladeimprensa

registrado em: