Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2015 > Junho > Primeira infância é prioridade na superação da extrema pobreza

Notícias

Primeira infância é prioridade na superação da extrema pobreza

BRASIL CARINHOSO

Ação lançada em 2012 reforça a perspectiva de atenção integral que envolve aspectos do desenvolvimento infantil ligados à renda, educação e saúde
publicado  em 17/06/2015 15h48

Brasília – Quando o Plano Brasil Sem Miséria foi lançado, em 2011, uma das faces mais cruéis da miséria em nosso país era sua maior incidência entre as crianças. E, para desenvolver uma política específica para essa parcela da população, o governo federal iniciou, em maio de 2012, a realização da Ação Brasil Carinhoso.

A Ação reforça a perspectiva de atenção integral que envolve aspectos do desenvolvimento infantil ligados à renda, educação e saúde. Assim, as famílias com crianças de 0 a 6 anos foram as primeiras a ser beneficiadas com o complemento do Bolsa Família, que garantiu que 2,7 milhões de crianças se mantenham fora da extrema pobreza.


A ação, que integra o Plano Brasil Sem Miséria, ainda definiu cuidados adicionais na saúde, incluindo a suplementação de vitamina A e sulfato ferroso. E, a partir deste ano, por meio da ação NutriSUS, a alimentação de mais de 330 mil crianças está sendo suplementada em 6.864 creches. De acordo com dados do Ministério da Saúde, esta suplementação com sachês multivitamínicos reduz em até 38% os casos de anemia e em 20% a deficiência de ferro após o uso.

Educação – O Brasil Carinhoso também incentiva a ampliação de vagas em creches públicas e conveniadas. O Brasil Sem Miséria repassa 50% a mais de recursos por vaga destinada às crianças beneficiárias do Bolsa Família em creches públicas ou conveniadas.

Só no ano passado foram investidos R$ 765,6 milhões nesta iniciativa, o que garantiu que 636,7 mil crianças de 0 a 48 meses que participam do programa estejam matriculadas em 37 mil creches de todo o país.

Evento – O secretário extraordinário de Superação da Extrema Pobreza do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Tiago Falcão, participa nesta quarta-feira (17) do seminário ANDI 21 anos - A mídia brasileira e os direitos humanos: avanços e desafios. Ele fala sobre o tema Primeira Infância, os resultados de ações de governo e os desafios para os próximos anos.

Informações sobre os programas do MDS:

0800-707-2003
mdspravoce.mds.gov.br

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021