Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2015 > Junho > MDS deve firmar parceria com Gastromotiva para estimular alimentação saudável

Notícias

MDS deve firmar parceria com Gastromotiva para estimular alimentação saudável

EDUCAÇÃO ALIMENTAR

Ministra Tereza Campello propôs cooperação técnica com a organização para difusão de metodologia de capacitação de gestores municipais e agentes responsáveis pela alimentação, principalmente nas escolas
publicado  em 24/06/2015 00h00

Brasília, 24 – A gastronomia é uma forte aliada nas políticas públicas de inclusão social e promoção da alimentação saudável e adequada no país. Este potencial foi explorado nesta quarta-feira (24), em Brasília, durante encontro entre a ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, e o chef e empreendedor social da Gastromotiva, David Hertz.


Hertz apresentou ao Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) a filosofia da Gastromotiva, que acredita no poder e na responsabilidade da gastronomia como um agente de mudança capaz de transformar vidas e lugares. Propôs possibilidades de parceria com o governo federal para a realização de cursos de gastronomia dirigidos para jovens de baixa renda e sensibilização da sociedade em relação aos valores que envolvem produção, preparo e consumo dos alimentos de forma sustentável. "Queremos contribuir com o fim da fome e da miséria no país, por isso, oferecemos oportunidade de trabalho. A ideia é trabalhar uma série de atividades em conjunto com o MDS na promoção da alimentação saudável e sustentável."

A ministra Tereza Campello propôs acordo de cooperação técnica com a Gastromotiva para difusão de metodologia - que já vem sendo testada pela entidade - de capacitação de gestores municipais e agentes responsáveis pela alimentação, principalmente nas escolas.

Ela destacou os esforços do governo federal na valorização dos pequenos agricultores e do estímulo ao consumo de alimentos mais saudáveis. “Aprovamos nesta segunda-feira [22] uma medida para que, no mínimo, 30% das compras institucionais do governo federal sejam da agricultura familiar”, lembrou, referindo-se à medida do Plano Safra da Agricultura Familiar 2015/2016 que reforça o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), coordenado pelo MDS.

A  Gastromotiva já qualificou 4 mil profissionais de baixa renda no Rio de Janeiro e São Paulo com apoio de parcerias privadas. Atualmente, cursos gratuitos são realizados na Universidade Anhembi Morumbi (SP) e na Unisuam (RJ). Eles englobam criação de receitas, diversificação de alimentos, higienização, segurança alimentar e nutricional, postura profissional e habilidades básicas da cozinha, como confeitaria, panificação e ecogastronomia. "Aprender a cozinhar corretamente é uma das coisas mais importantes na vida. A solução está no próprio prato, nos ingredientes naturais", explicou Hertz.

 

Informações sobre os programas do MDS:
0800-707-2003
mdspravoce.mds.gov.br

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021