Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2015 > Junho > Estratégia reforça apoio do MDS a municípios

Notícias

Estratégia reforça apoio do MDS a municípios

COMUNIDADE QUILOMBOLA

Equipe do ministério visita Cavalcante, em Goiás, para apoiar prefeitura a qualificar atendimento socioassistencial
publicado  em 30/06/2015 18h04

Brasília, 30 – Equipe do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) esteve na semana passada em Cavalcante (GO), a 300 km de Brasília, para avaliar o funcionamento do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e conhecer a realidade local da comunidade quilombola Kalunga. “Essas visitas fazem parte de uma estratégia para identificar as peculiaridades locais e as dificuldades de gestão que o município enfrenta na execução dos serviços e dos recursos federais”, afirmou a secretária nacional de Assistência Social do MDS, Ieda Castro.

O presidente da Associação Quilombo Kalunga, Vilmar Sousa Costa, explicou que a maioria das duas mil famílias quilombolas da região vive em isolamento, sem acesso à maioria das políticas públicas. “Os kalungas vivem do Bolsa Família, da aposentadoria e da agricultura familiar que produz para o próprio sustento. E por que não produz muito? Não é porque o pessoal é preguiçoso. É porque não tem como sair, não tem estrada.”

Em reunião com representantes da prefeitura e da Câmara de Vereadores, foram avaliadas as dificuldades da gestão municipal na execução dos recursos do Fundo Nacional de Assistência Social. “A equipe leva orientações e faz um acordo de planejamento e cooperação com o município para melhor desenvolvimento técnico da política de assistência social”, explicou Ieda.

A equipe do MDS apresentou os instrumentos e ferramentas de gestão do Sistema Único da Assistência Social (Suas) e os canais que as gestões municipais têm disponíveis para solicitar apoio técnico federal. O secretário municipal de Assistência Social, Andrade Santana do Nascimento, afirmou que, a partir de agora, “o compromisso é lutar para fazer as adequações do MDS e pelas pessoas carentes do município”.

Além da secretária nacional, participaram da vista as diretoras de Proteção Social Básica, Léa Braga, e de Proteção Social Especial, Telma Maranho, e a coordenadora geral de Prestação de Contas do Fundo Nacional de Assistência Social, Vitória Batista Silva. A Secretaria da Mulher, Desenvolvimento Social, Igualdade Racial, Direitos Humanos e do Trabalho (Secretaria Cidadã) do governo de Goiás também esteve presente.

Informações sobre os programas do MDS:
0800-707-2003
mdspravoce.mds.gov.br

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021