Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2015 > Junho > Combate à extrema pobreza é legado do Brasil para o mundo

Notícias

Combate à extrema pobreza é legado do Brasil para o mundo

POLÍTICAS SOCIAIS

Ministro da Ação Social paraguaio, Héctor Cárdenas, destacou importância das ações do governo brasileiro para redução das desigualdades sociais. Ele está no Brasil para participar das reuniões de Ministros e Autoridades de Desenvolvimento Social do Mercosul
publicado  em 19/06/2015 16h48

Brasília  – “Eu acredito que esses programas são um legado não apenas para o Brasil, mas para todas as nações do mundo”, afirmou nesta sexta-feira (19) o ministro da Secretaria de Ação Social do Paraguai, Héctor Cárdenas. Ele participou das reuniões de Ministros e Autoridades de Desenvolvimento Social do Mercado Comum do Sul (Mercosul), organizadas pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS).

Cárdenas destacou que as políticas públicas brasileiras para o combate à extrema pobreza são bem vistas internacionalmente. Programas como o Bolsa Família e estratégias maiores, como o Brasil Sem Miséria e o Fome Zero, representam o grande avanço que o país teve nessa área.

A comitiva paraguaia também visitou um Centro de Referência de Assistência Social (Cras) em Brasília. Cárdenas disse que ficou surpreso com o trabalho desenvolvido pela equipe. “O que mais me surpreendeu foi o compromisso de todas as pessoas, atendendo situações muito complexas”, observou.

Ele considera que a experiência brasileira poderá ser adaptada e implantada no Paraguai. “É claro que tudo se adapta no contexto de cada país. Mas o que pude ver no Cras e Creas [Centro de Referência Especializado de Assistência Social] foi bastante encorajador.”

Informações sobre os programas do MDS:
0800-707-2003
mdspravoce.mds.gov.br

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021