Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2015 > Junho > Ações intersetoriais são essenciais no combate à obesidade e ao sobrepeso

Notícias

Ações intersetoriais são essenciais no combate à obesidade e ao sobrepeso

EDUCAÇÃO ALIMENTAR

Nova agenda de segurança alimentar e nutricional será tema de curso no Idec com participação do MDS
publicado  em 25/06/2015 00h00

Brasília, 25 – “Minha vó falou que quem come cenoura consegue enxergar muito bem por causa da vitamina A. Hum! Agora entendo porque o coelhinho enxerga tão bem.” O trecho é parte da historinha contada para crianças entre três e cinco anos de idade da creche Instituto Educacional São Judas, em Brasília (DF), para incentivar a alimentação saudável. A experiência relatada na rede virtual Ideias na Mesa mostra como incentivar a autonomia das crianças no preparo das refeições e das escolhas dos alimentos, utilizando receitas simples como a do brigadeiro com cenoura.

Iniciativas como essa evidenciam a importância da alimentação saudável e de qualidade no combate à obesidade e ao sobrepeso, principalmente entre as crianças. O Brasil conseguiu sair do Mapa da Fome em 2014, mas agora enfrenta problemas de obesidade típicos de países desenvolvidos. Mais de 50% dos adultos brasileiros e 1/3 das crianças de cinco a nove anos já estão com sobrepeso, resultante do aumento do consumo de alimentos com alto teor de açúcares.

Segundo a coordenadora-geral de Educação Alimentar e Nutricional do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome (MDS), Janine Coutinho, a obesidade e o sobrepeso são resultados de diversos fatores, inclusive o social. Para ela, as estratégias intersetoriais desenvolvidas pelo governo federal, com representantes da sociedade civil e de governos, são essenciais para a construção desta nova agenda de segurança alimentar e nutricional. “Temos um conjunto ações na saúde, educação, desenvolvimento agrário e social, e outros para enfrentar essa nova agenda. As ações vão desde facilitar o acesso da população ao alimento quanto às atividades de educação alimentar e nutricional”, destacou Janine.

A atuação intersetorial dos representantes da sociedade civil e dos governos na prevenção e controle da obesidade infantil será abordada nesta quinta-feira (25) pela coordenadora-geral de Educação Alimentar e Nutricional do MDS. Ela participa do curso A defesa do consumidor na prevenção da obesidade infantil, em São Paulo, promovido pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec).

A iniciativa é voltada para profissionais e estudantes das áreas de nutrição, saúde, educação, assistência social, abastecimento e agricultura, defesa do consumidor e dos direitos das crianças, segurança alimentar, como também gestores municipais e estaduais, profissionais e estudantes interessados.

Informações sobre os programas do MDS:
0800-707-2003
mdspravoce.mds.gov.br

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021