Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2015 > Julho > “Comida de verdade é aquela produzida no campo”

Notícias

“Comida de verdade é aquela produzida no campo”

SEGURANÇA ALIMENTAR

A agricultora Rita Julia Zocal, de Mirassol do Oeste (MT), defende que o primeiro passo para uma alimentação saudável começa com a produção de produtos orgânicos e agroecológicos
publicado  em 09/07/2015 21h30

Porto Alegre - A agricultora Rita Julia Zocal mora no assentamento Margarida Alves, no município de Mirassol do Oeste (MT). Da farinha do babaçu, ela produz pão e biscoito que são entregues semanalmente para escolas municipais, por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS).

Para ela, comida de verdade “é aquela produzida no campo, sem agrotóxico”. “É essa comida que tem que chegar à mesa dos brasileiros. O primeiro passo para uma alimentação saudável começa com a produção de produtos orgânicos e agroecológicos”, defende a agricultora, que participou do encontro temático sobre a atuação das mulheres na promoção da soberania e segurança alimentar e nutricional, em Porto Alegre (RS). 

Rita destacou a importância do debate sobre segurança alimentar e nutricional com a participação de mulheres. “É fundamental porque nesses espaços conhecemos o poder que tem a mulher nas políticas públicas. E esse debate nos enriquece e nos encoraja para irmos em busca de melhorias.” 

Ela conta que o PAA foi um grande avanço para a comunidade. Rita faz parte da Associação Regional de Mulheres Extrativistas do Pantanal, que surgiu da necessidade do acesso a políticas públicas. As 30 mulheres que compõem a associação trabalham com babaçu, pequi e baru. 

A agricultora afirma que o programa, além de melhorar a renda das famílias, mudou a vida de muitas mulheres assentadas. “Algumas mulheres trabalhavam com corte de cana, em situação degradante. Com o PAA, elas entraram na associação e hoje estão bem melhor de vida”, relata. 

Promovido pelo Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), com o apoio da Câmara Interministerial de Segurança Alimentar e Nutricional (Caisan), o encontro em Porto Alegre é preparatório para a 5ª Conferência Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, marcada para novembro, com tema “Comida de verdade no campo e na cidade: por direitos e soberania alimentar”.

A programação incluiu o relato de experiências de mulheres do campo, da cidade, das florestas e das águas sobre a produção de alimentos e os desafios enfrentados para garantir renda para as famílias e promover o desenvolvimento sustentável e a alimentação adequada e saudável.

Informações sobre os programas do MDS:
0800-707-2003
mdspravoce.mds.gov.br

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021