Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2015 > Julho > Cúpula Social promove diálogo entre governos e sociedade

Notícias

Cúpula Social promove diálogo entre governos e sociedade

MERCOSUL

Ministro em exercício, Marcelo Cardona participou da abertura do evento, em Brasília
publicado  em 15/07/2015 06h00

Brasília – O ministro em exercício do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Marcelo Cardona, participou da abertura da 18ª Cúpula Social do Mercosul, em Brasília, na terça (14). Esta edição encerra a presidência pro tempore do Brasil no bloco e tem por tema Avançar no Mercosul com mais integração, mais direitos e mais participação

As cúpulas sociais constituem espaço de diálogo e interação entre governos e sociedade civil, com objetivo de expandir e fortalecer a participação social no processo de integração regional. “Os países do Mercosul identificam a dimensão social como estratégica e fundamental para a integração regional”, destacou Cardona. 

Segundo o ministro em exercício, durante a presidência pro tempore do Brasil, em 2015, iniciou-se o processo de revisão do Plano Estratégico de Ação Social do Mercosul (Peas). “O plano é fundamental para a definição dos objetivos e prioridades do bloco para a área social nos próximos anos.” Criado em 2011, o Peas foi idealizado para articular e desenvolver ações específicas e intersetoriais que consolidem a dimensão social do Mercosul. 

A 18ª Cúpula Social segue até sexta-feira (17), no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB). Durante o evento, estão sendo debatidos temas como comunicação, tecnologia social, gênero e diversidade, juventude, afrodescendentes, migração, LGBT, direitos humanos, voluntariado e participação social. As sugestões resultantes dos debates serão encaminhadas para a Cúpula de Chefes de Estado do Mercosul, que ocorrerá na própria sexta (17). 

Participam do encontro representantes de governos, parlamentares, centrais sindicais, confederações da agricultura familiar, pastorais sociais, cooperativas, organizações de pequenos e médios empresários, entidades de economia solidária, direitos humanos, mulheres, juventude, meio ambiente, saúde e educação, entre outros. 

Programação – O primeiro eixo do encontro, Mais Integração, apresenta três painéis: “Avanços e limites do processo de integração atual e o modelo que queremos”; “Futuro do Mercosul: nosso desafio”; e “Livre circulação, participação social e Estatuto da Cidadania no Mercosul”. 

O segundo eixo é Mais Direitos, também com três painéis: “Nova declaração sócio-laboral do Mercosul”; “Diretrizes da educação e cultura em direitos humanos para o Mercosul”; e “Igualdade, direito e participação das mulheres no Mercosul”. 

Mais Participação é o terceiro eixo, com os painéis “Participação social, Parlasul, UPS e os desafios da deliberação pública no Mercosul”; “Políticas públicas, leis de meios, redes de comunicação popular”; e “Redes, coletivos e movimentos, juventude fazendo política no Mercosul”. 

Informações sobre os programas do MDS:
0800-707-2003 
mdspravoce.mds.gov.br 

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021