Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2015 > Fevereiro > Peas 2013 auxilia implantação de rede complementar de assistência social

Notícias

Peas 2013 auxilia implantação de rede complementar de assistência social

SEXTA COM DEBATE

Pesquisa do IBGE, realizada em parceria com o MDS, identificou 14,7 mil entidades privadas sem fins lucrativos atuantes no país
publicado  em 05/02/2015 20h00
Foto: Ana Nascimento/MDS

Foto: Ana Nascimento/MDS

Brasília, 5 – A Pesquisa de Entidades de Assistência Social Privadas sem Fins Lucrativos (Peas) 2013 vai auxiliar a implantação de uma rede complementar de assistência social no país. Segundo a secretária nacional da Assistência Social do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Denise Colin, ao mapear as instituições privadas, o Estado consegue planejar e reforçar as ações de toda a rede de proteção social. 

“Agora temos condições de inserir essas instituições no Cadastro Nacional [de Certificação das Entidades de Assistência Social], uma vez que foram identificadas as ações e atividades que cada uma desenvolve. Muitas entidades pesquisadas não possuíam estrutura de atendimento de assistência social”, disse Colin.

A primeira etapa da Peas 2013 foi tema do Sexta com Debate, promovido excepcionalmente nesta quinta-feira (5). Na ocasião, a gerente da pesquisa, Daniela Barreto, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), lembrou que o objetivo do estudo é conhecer e caracterizar as entidades privadas que atuam no Brasil. 

O estudo, realizado em parceria com o MDS, identificou 14.791 entidades atuantes no país. As entidades ativas no âmbito da pesquisa são caracterizadas a partir de um conjunto básico de informações, como forma de atuação socioassistencial, público principal, abrangência territorial e serviços socioassistenciais prestados no endereço cadastrado.

Entre os resultados da primeira etapa, Barreto destacou que 72,6% das entidades declararam ter a assistência social como sua principal área de atuação. Mais da metade delas estavam nas regiões Sudeste (52%) e Sul (25%).

Acesse aqui os resultados da Peas 2013.

Informações sobre os programas do MDS:
0800-707-2003 
mdspravoce.mds.gov.br 

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021