Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2015 > Dezembro > Instituto Atá é novo parceiro do Pacto Nacional para Alimentação Saudável

Notícias

Instituto Atá é novo parceiro do Pacto Nacional para Alimentação Saudável

SEGURANÇA ALIMENTAR

Durante encontro, a ministra Tereza Campello convidou o presidente do instituto, Alex Atala, para aderir à iniciativa
publicado  em 11/12/2015 11h09
Foto: Ubirajara Machado/MDS

Brasília – Para promover uma alimentação saudável e combater a obesidade e as doenças decorrentes da má alimentação, o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) segue em busca de parceiros para o Pacto Nacional para Alimentação Saudável, lançado pela presidenta Dilma Rousseff em novembro. Nessa semana, em encontro em Brasília, a ministra Tereza Campello convidou o chefe de cozinha e presidente do Instituto Atá, Alex Atala, para aderir ao Pacto.

“Estar engajado com as ações do MDS é fundamental. Eu falo que a maior rede social do mundo não é a internet. O que conecta todos os habitantes do planeta Terra é o alimento”, disse Atala.

O Brasil saiu do Mapa Mundial da Fome em 2014, segundo a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura, graças a um conjunto de políticas públicas que têm ampliado o acesso dos brasileiros aos alimentos.

No entanto, Tereza Campello ressalta que há outros fatores que preocupam. “Ainda temos desafios a enfrentar como situações de insegurança alimentar em populações mais vulneráveis. Há também a preocupação com a saúde da população, que enfrenta o problema da obesidade e do sobrepeso.” Atualmente, 57% da população brasileira adulta está com excesso de peso e 21,3% dessas pessoas são obesas. Além disso, 72% das mortes no Brasil são ocasionadas por doenças crônicas não transmissíveis, como o câncer, o diabetes, que têm como uma das causas a má alimentação e o consumo de produtos ultraprocessados, ricos em açúcar, sal e gorduras.

Neste sentido, o Pacto Nacional para Alimentação Saudável vem unir forças em torno da promoção da alimentação saudável primeiro passo para uma parceria ainda mais sólida com os estados e a sociedade nessa agenda. A ação prevê, entre outras diretrizes, a promoção do consumo de alimentos saudáveis e adequados e a ampliação das condições de oferta e disponibilidade desses alimentos para a população.

Outros projetos – No encontro, Alex Atala apresentou ao MDS uma nova tecnologia para levar água potável à população brasileira, especialmente pessoas em situação vulnerável. A novidade criada pela ONG americana Waves for Water, parceira do Instituto Atá, consiste em um filtro de água de baixo custo que usa a gravidade como fonte, com capacidade de levar acesso à água filtrada a 100 pessoas por dia, durante cinco anos.

O objetivo, segundo Atala, é firmar parceria com o governo federal e levar esta tecnologia a mais pessoas, integrando-a a outras já implantadas, como as cisternas. 

Informações sobre os programas do MDS:
0800-707-2003
mdspravoce.mds.gov.br

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021
www.mds.gov.br/area-de-imprensa