Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2015 > Dezembro > Dignidade e justiça são princípios fundamentais da assistência social

Notícias

Dignidade e justiça são princípios fundamentais da assistência social

RODAS DE CONVERSAS

Esse é o primeiro tema das rodas de conversas que serão realizadas durante a 10ª Conferência Nacional de Assistência Social
publicado  em 02/12/2015 13h09
Foto: Ubirajara Machado/MDS

Foto: Ubirajara Machado/MDS

Brasília – “Uma sociedade que não aceite as discriminações que prejudicam as pessoas, que não aceite as pessoas serem submetidas a estágios de vida degradantes”. Assim define o assistente social e doutor em Ciência Política, Edval Bernardino Campos, a opção que o Brasil faz em construir uma sociedade para todos. Ele será um dos palestrantes das Rodas de Conversas que serão realizadas durante a 10ª Conferência Nacional de Assistência Social.

Junto com o ex-ministro dos Direitos Humanos, Paulo Vannucchi, ele abordará o tema Dignidade humana e justiça social como princípios fundamentais para a consolidação do Sistema Único de Assistência Social (Suas). Para Campos, “a ideia da dignidade da pessoa humana é o pensamento estruturante que deve servir como baliza para toda intervenção do estado. Isto está relacionado com as políticas sociais”.

A justiça social, para ele, é um fundamento e um objetivo do Estado ao assegurar condições de vida digna a todos os brasileiros. “Entendo que, no campo da assistência social, um desafio que se coloca de forma inadiável é o compromisso de todos aqueles que compõem o sistema, gestores e sociedade civil, para eliminar, no processo de gestão, as práticas assistencialistas que se manifestam de diferentes formas.”

Professor da Faculdade de Serviço Social da Universidade Federal do Pará (UFPA), Campos acredita que a assistência social deve se integrar como uma política de expansão da seguridade social. “A assistência amplia a seguridade nesta perspectiva. Não só por incorporar novos grupos sociais, mas também por incorporar novas demandas.”

Conferência – Cerca de 1,8 mil pessoas entre trabalhadores e usuários da assistência social, além de representantes dos governos federal, estaduais e municipais, participam da 10ª Conferência Nacional de Assistência Social, no período de 7 a 10 de dezembro, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília. O objetivo é avaliar a situação atual da assistência social e propor novas diretrizes para o seu aperfeiçoamento, em especial os avanços do Suas.

Informações sobre os programas do MDS:
0800-707-2003
mdspravoce.mds.gov.br

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021
www.mds.gov.br/area-de-imprensa