Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2015 > Agosto > Novo desafio do Brasil é promover a alimentação saudável da população

Notícias

Novo desafio do Brasil é promover a alimentação saudável da população

EDUCAÇÃO ALIMENTAR

Durante oficina promovida pelo MDS, gestores discutem aprimoramento de dados sobre segurança alimentar e nutricional
publicado  em 03/08/2015 00h00


Brasília, 3 – Com o objetivo de aperfeiçoar o levantamento de informações para que o país enfrente os desafios para a promoção da alimentação saudável, especialistas brasileiros e internacionais se reúnem em Brasília até esta terça-feira (4). Eles discutem o acompanhamento das políticas de segurança alimentar e nutricional na II Oficina Segurança Alimentar e Nutricional: Desafios Metodológicos da Mensuração de um Fenômeno em Superação.

        

O secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Arnoldo de Campos, apresentou as ações e políticas públicas implementadas nos últimos 12 anos, fundamentais para que o país saísse do Mapa da Fome em 2014, segundo a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO).

O país passa, disse ele, por uma transição da questão da fome, como problema estrutural, para o sobrepeso, a obesidade e o aumento de doenças que decorrem da má alimentação da população. Por isso, necessita de ferramentas mais apuradas para enfrentar os desafios. “É fundamental ter o diagnóstico, ter informação de oferta de alimentos saudáveis e toda uma série de dados que precisam ser aperfeiçoados para que o Brasil tenha a melhor informação para que possamos planejar as ações e executar as políticas públicas”, ressaltou o secretário.

Arnoldo de Campos destacou que os dados da área também contribuirão para o cumprimento dos compromissos estabelecidos no Plano Plurianual 2016-2019, que ressaltam a importância de promover o abastecimento e o consumo de alimentos adequados, ampliar o acesso à água, consolidar o Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Sisan) e a cooperação internacional sobre o tema.

De acordo com o secretário de Avaliação e Gestão da Informação do MDS, Paulo Jannuzzi, os debates têm como objetivo aprimorar a gestão das políticas públicas na área de segurança alimentar e nutricional. “Essa oficina espelha as novas preocupações do ministério. Essa nova agenda implica em levantamentos de informação, seja em pesquisas domiciliares ou em pesquisas em estabelecimentos agropecuários”, afirma.

O evento segue até terça-feira (4), na Escola Nacional de Administração Pública (Enap). Participam representantes do MDS, da FAO, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e dos ministérios da Saúde e do Planejamento, Orçamento e Gestão.

Informações sobre os programas do MDS:
0800-707-2003
mdspravoce.mds.gov.br

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021

registrado em: ,