Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2015 > Agosto > Campanha reforça direitos da população em situação de rua

Notícias

Campanha reforça direitos da população em situação de rua

ASSISTÊNCIA SOCIAL

Secretária Ieda Castro ressalta que unidades de acolhimento e Centros Pop trabalham para aproximar a assistência social da saúde
publicado  em 19/08/2015 19h00
Foto: Ubirajara Machado Secretária Ieda Castro participa do lançamento da campanha

Secretária Ieda Castro participa do lançamento da campanha

Brasília – A população em situação de rua está estimada em 50 mil adultos e 24 mil crianças e adolescentes e todos têm direito ao atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS), independente das roupas, da higiene, e da falta de documentação. Para valorizar a saúde como um direito e cidadania, o Ministério da Saúde lançou, nesta quarta-feira (19), a campanha Políticas de Equidade. Para Tratar Bem De Todos. Saúde da População em Situação de Rua. A campanha é uma parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. 

A coordenadora nacional do Movimento População em Situação de Rua, Maria Lúcia, ressaltou a importância da população de rua ter acesso aos postos de saúde. “Essa campanha é a diferença entre a vida e a morte, literalmente. Nós lutamos pela vida e somos mais do que guerreiros, porque nós sobrevivemos.” 

Segundo a secretária nacional de Assistência Social do MDS, Ieda Castro, as unidades de acolhimento, como os abrigos, e os Centros de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centros Pop) trabalham para aproximar a assistência social da saúde. “Mas ainda temos muito que caminhar. Precisamos quebrar estigmas e romper com a cultura do preconceito e da exclusão social, que é tão atribuída às pessoas que vivem em situação de rua.” 

Umas das ações para ampliar o acesso dessa população ao SUS é o Consultório na Rua. São equipes de atenção básica que realizam busca ativa e qualificada de pessoas que vivem nas ruas. Atualmente, há 144 equipes no Brasil em 83 municípios – crescimento de 80% em relação a 2012, quando havia 80 equipes. 

Para o ministro da Saúde, Arthur Chioro, esta campanha consolida um compromisso. “A rede do SUS inteira tem que está preparada e garantir o atendimento à população de rua.” 

Informações sobre os programas do MDS:
0800-707-2003
mdspravoce.mds.gov.br 

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021