Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2015 > Agosto > Brasil é referência mundial em políticas sociais

Notícias

Brasil é referência mundial em políticas sociais

COMBATE À FOME

Experiência brasileira para superação da fome e da miséria é exemplo em vários países. Delegações e representantes de organismos internacionais reconhecem o protagonismo do país nestes desafios e buscam maior integração
publicado  em 31/07/2015 10h00

Brasília,  – Nos últimos anos, é cada vez maior o número de delegações estrangeiras que desembarcam no país para conhecer o trabalho desenvolvido pelo governo federal para o combate à fome e à miséria. Em agosto, delegação da União Africana (entidade que reúne 54 países daquele continente) foi recebida pela ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello. “Queremos testemunhar, como União Africana, que o Brasil é um exemplo a ser seguido. E como é possível fazer mudanças grandes e concretas”, afirmou o chefe da delegação, Martiel De Paul Ikonga.

De mudança para o escritório da Organização das Nações Unidas (ONU) em Nova Iorque, o representante da entidade no país, Jorge Chediek, destacou neste mês que, em apenas uma geração, o Brasil conseguiu mudar sua situação social. “O exemplo do Brasil é essencial, porque mostra que um país democrático, multicultural, multirracial, nos trópicos, pode mudar, em uma geração, a sua situação social.”

“Temos várias estatísticas sendo atualizadas que irão mostrar o percurso que o país tem feito para a erradicação da fome”, afirmou o diretor-geral da Organização para Alimentação e Agricultura das Nações Unidas (FAO, em inglês), José Graziano. Ele também fez uma visita à ministra Tereza Campello em agosto. “Além disso, abrimos uma conversação importante na área de nutrição para conseguir não só colocar alimentos, mas colocar alimentos saudáveis ao alcance de todos os brasileiros.”

Já o economista da Divisão de Estatística e Análise sobre Segurança Alimentar da FAO, Carlo Cafiero, destacou que o organismo vai divulgar o relatório Vozes da Fome, que mapeia a situação alimentar mundial, comparando os países e os impactos das políticas alimentares e nutricionais sobre as populações, nas esferas nacional e internacional. A pesquisa usou como modelo metodológico a experiência brasileira desenvolvida pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). “Temos usado a Escala Brasileira de Insegurança Alimentar, que é modelo e foi utilizada também para desenvolver o Vozes da Fome.”

Informações sobre os programas do MDS:
0800-707-2003
mdspravoce.mds.gov.br

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021

registrado em: