Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2015 > Abril > Dia Mundial da Saúde: campanha promove consumo de alimentos saudáveis

Notícias

Dia Mundial da Saúde: campanha promove consumo de alimentos saudáveis

SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL

Políticas públicas do MDS incentivam agricultura familiar, agroecologia e apoio aos produtos da sociobiodiversidade
publicado  em 07/04/2015 17h00

Brasília, 7 – “O consumo é uma escolha, uma decisão do cidadão. E por trás desta opção está um modelo de sociedade, de país que queremos”, afirmou nesta terça-feira (7), Dia Mundial da Saúde, o secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Arnoldo de Campos. Ele participou do lançamento da campanha Da Saúde se Cuida Todos os Dias, desenvolvida pelo Ministério da Saúde.

Ministro Arthur Chioro e Secretário Arnoldo de Campos durante lançamento da campanha


A campanha vai conscientizar a população da necessidade de consumir frutas, legumes e verduras, reduzindo a ingestão de açúcar e sal. “A nutrição adequada pode ser obtida com alimentação saudável, com sabor, respeitando os hábitos e costumes regionais”, destacou Campos. “A produção de alimentos saudáveis começa no campo e vai até o consumidor. E as políticas públicas que o MDS desenvolve incentivam a agricultura familiar, a agroecologia e apoio aos produtos da sociobiodiversidade.”

Ouça:
Alimentação Segura e Saudável é prioridade do governo

O secretário ainda reforçou que o Brasil, ao sair do Mapa Mundial da Fome, tem como maior desafio “enfrentar os problemas resultantes da má alimentação como a obesidade e o sobrepeso, que provocam as doenças cardiovasculares (infarto e derrame). E o segundo Plano de Segurança Alimentar e Nutricional, que será lançado ainda neste ano, terá esta ênfase, de promover a alimentação saudável em todas as etapas da cadeia produtiva.”

Campanha – O objetivo da ação é incentivar mudanças individuais e de comportamento, reconhecendo que a saúde não é fruto apenas da vontade própria, mas também dos contextos social, econômico, político e cultural em que estão inseridos. Para isso, serão produzidos cartazes, folderes, ações em redes sociais e ainda terá o lançamento do portal www.saude.gov.br/promocaodasaude.

O Ministério da Saúde também apresentou o Guia Alimentar para a População Brasileira e o Guia de Alimentos Regionais Brasileiros, disponibilizados no site do órgão. Dados da pesquisa Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel 2014) mostram que apenas um quarto da população brasileira (24,1%) consome a quantidade de frutas e hortaliças recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em cinco ou mais dias da semana. Esse consumo é menor entre os homens (19,3%) e maior entre as mulheres (28,2%).