Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2015 > Abril > Consolidação do Suas vai exigir participação dos estados e da sociedade, diz secretária

Notícias

Consolidação do Suas vai exigir participação dos estados e da sociedade, diz secretária

ASSISTÊNCIA SOCIAL

Governos federal, estaduais e municipais e representantes de organizações e entidades se reúnem em Brasília para debater estratégias de fortalecimento da assistência social
publicado  em 16/04/2015 02h00

Brasília, 16 – Reforçar a participação dos governos de todas as esferas – federal, estadual e municipal – e envolver a sociedade, principalmente a população que utiliza os serviços da assistência social, são passos importantes para o país consolidar o Sistema Único da Assistência Social (Suas). “A gestão do sistema precisa ser tripartite, pois hoje as pressões maiores são exercidas sobre os municípios e a União. A soma dos esforços é que vai garantir a assistência à sociedade, serviço que deve ser público e de qualidade”, explicou a nova secretária de Assistência Social do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Ieda Castro.

_na_7165.jpg


Ela participou na manhã desta quinta-feira (16), em Brasília, da reunião descentralizada e ampliada do Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS). Nela, gestores públicos e de entidades da sociedade civil começam a traçar o plano de ação que irá orientar a assistência social no Brasil de 2016 a 2026 e avançar na preparação da X Conferência Nacional de Assistência Social, que será realizada em dezembro.

O presidente do CNAS, Edivaldo Ramos, reconheceu que foram notórios os avanços na assistência social nos últimos dez anos, especialmente na pesquisa, orientação e na atuação do poder Legislativo. E que os próximos passos devem ser no sentido da profissionalização do Suas.

Ieda Castro destacou que é preciso fortalecer a participação do cidadão do sistema na formulação das políticas públicas, para saber das suas reais necessidades e qualificar o atendimento. Já o secretário nacional de Renda e Cidadania do MDS, Helmut Schwarzer, lembrou que a assistência social é a base para o aperfeiçoamento do Programa Bolsa Família e do Cadastro Único. Segundo Schwarzer, é muito importante ouvir os beneficiários e os coordenadores estaduais para aprimorar o alcance dos programas e políticas sociais.

Informações sobre os programas do MDS:
0800-707-2003
mdspravoce.mds.gov.br

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021
www.mds.gov.br/saladeimprensa