Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2015 > Abril > Assistência Social tem nova secretária nacional

Notícias

Assistência Social tem nova secretária nacional

SECRETARIA

Ieda Castro tomou posse nesta sexta-feira (17). Segundo ela, principais objetivos são consolidar Sistema Único de Assistência Social (Suas) e qualificar os serviços ofertados à população
publicado  em 17/04/2015 14h45
Foto: Ubirajara Machado/MDS

Foto: Ubirajara Machado/MDS

Brasília – A assistente social Ieda Castro, 56 anos, é a nova secretária nacional de Assistência Social do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). Ela assumiu a pasta nesta sexta-feira (17), substituindo Denise Colin.

Segundo a secretária, a consolidação do Sistema Único de Assistência Social (Suas) e a qualificação dos serviços ofertados nos mais de dez mil equipamentos públicos estão entre os principais objetivos da secretaria. “Criamos o Suas, estruturamos e colocamos um Cras [Centro de Referência de Assistência Social] em praticamente todos os municípios. Agora, devemos qualificar os serviços, porque o mais importante do sistema é que a população usuária perceba que está sendo atendida pelo Estado com qualidade”, afirmou.

Ieda Castro é cearense e tem uma vasta experiência na área. Ela foi presidente do Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas) em 2010 e 2011. Além disso, esteve à frente da Secretaria de Assistência Social e Cidadania de Maracanaú (CE) - região metropolitana de Fortaleza - entre 2005 e 2011 e retornou ao cargo em 2012. Ela foi ainda integrante do Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS) em 2009.

Ela também foi presidente do Conselho Regional de Serviço Social do Ceará e participou da diretoria nacional do Conselho Federal de Serviço Social. Por isso, reconhece a necessidade de educação permanente para os mais de 600 mil profissionais da área. “A melhoria dos serviços passa pela qualificação dos trabalhadores, para, assim, superar a rotatividade que ameaça o acesso ao direito à assistência social”, ressaltou. “Sou uma trabalhadora do Suas. Só mudei de lugar. E vou olhar por melhores condições de trabalho e pela construção de uma carreira para esses profissionais”, completou.

A secretária destacou a necessidade de fortalecer o acordo federativo na consolidação do Suas. “O sistema é único, por isso é importante que os estados, os municípios e a União estejam juntos na sua operação. Isso exige de todos um esforço para regular, monitorar, acompanhar e apoiar, técnica e financeiramente, para que a municipalização da assistência social seja efetiva.”

Formada em Serviço Social pela Universidade Estadual do Ceará (UECE), a nova secretária nacional de Assistência Social é especialista em gestão pública, mestre em Educação pela Universidade Federal do Ceará (UFC) e doutora em política social pela Universidade de Brasília (UnB).

Informações sobre os programas do MDS:
0800-707-2003
mdspravoce.mds.gov.br

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021
www.mds.gov.br/saladeimprensa