Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2014 > Setembro > Pagamento do BPC será antecipado em dois municípios de Santa Catarina

Notícias

Pagamento do BPC será antecipado em dois municípios de Santa Catarina

BENEFÍCIO DE PRESTAÇÃO CONTINUADA

Medida vai atender 141 idosos e pessoas com deficiência. Benefício de Prestação Continuada poderá ser sacado a partir desta quarta-feira (24)
publicado  em 22/09/2014 00h00
Brasília, 22 – Idosos e pessoas com deficiência beneficiários do Benefício de Prestação Continuada (BPC) dos municípios de Águas de Chapecó e Presidente Getúlio, em Santa Catarina, poderão sacar o benefício antecipadamente neste mês, a partir desta quarta-feira (24). A medida valerá enquanto durar a situação de calamidade nos municípios, afetados pelas chuvas.
 
Além da antecipação do cronograma de pagamento, os 79 beneficiários de Presidente Getúlio e os 62 de Águas de Chapecó também poderão antecipar o valor de um mês do benefício. Para tanto, devem assinar o termo de opção, que estará disponível entre os dias 30 de setembro e 28 de novembro, no banco ou em seus correspondentes bancários.

O valor antecipado de um mês do benefício será descontado em até 36 parcelas,
a partir de fevereiro de 2015. O beneficiário que não conseguir solicitar a antecipação diretamente ao banco poderá fazer o pedido junto à agência da Previdência Social.
 
O pagamento do BPC segue um calendário escalonado e é feito de acordo com o último número do benefício (excluindo o dígito). Excepcionalmente, em casos de desastres naturais, o pagamento é antecipado para auxiliar na superação de vulnerabilidade social. 
 
Em caso de dúvida, o usuário pode procurar o Centro de Referência da Assistência Social (Cras) mais próximo de sua residência.
 
Benefício – O BPC é um benefício individual, não vitalício e intransferível, que assegura a transferência mensal de um salário mínimo ao idoso com mais de 65 anos e à pessoa com deficiência, desde que eles não possuam meios de garantir o próprio sustento, nem tê-lo provido por sua família. Para receber o benefício, a renda mensal da família deve ser inferior a ¼ do salário mínimo por pessoa.

Confira a resolução do INSS no Diário Oficial da União:
http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?jornal=1&pagina=36&data=01/09/2014.


Central de Atendimento do MDS:
0800-707-2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021