Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2014 > Outubro > Tecnologias sociais vão garantir acesso à água potável na Amazônia

Notícias

Tecnologias sociais vão garantir acesso à água potável na Amazônia

ACESSO À AGUA

Dois diferentes sistemas pluviais multiuso vão ser instalados pelo MDS em reservas extrativistas da região. Na primeira etapa, 2,8 mil famílias serão beneficiadas
publicado  em 03/10/2014 00h00

Brasília, 3 – Dois novos modelos de tecnologias sociais de acesso à água serão implantados na região Amazônica pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). O Sistema Pluvial Multiuso Autônomo e o Sistema Pluvial Multiuso Comunitário foram incluídos no Programa Cisternas e vão receber investimento de R$ 35 milhões.

O coordenador-geral de Acesso à Água do MDS, Igor Arsky, afirma que existe um problema de água potável na região Norte. “Apesar da abundância de água, a população de baixa renda não tem acesso à água potável. Como a regularidade da chuva na região é maior, os sistemas permitirão melhor aproveitamento da água pluvial, que reservada e tratada de forma adequada é própria para o consumo e outros usos domésticos”, explica.

O ministério vai lançar editais para instalação dos equipamentos em toda a região. Em uma primeira etapa, serão beneficiadas 2,8 mil famílias, em quatro estados e 14 municípios. As áreas foram definidas a partir do diálogo com organizações representativas dos povos da floresta, como o Conselho Nacional dos Extrativistas (CNS).



“Já entregamos mais de 1 milhão de cisternas para consumo humano no Semiárido”, lembrou a diretora de Fomento e Estruturação Produtiva do MDS, Francisca Rocicleide da Silva. “Com essas novas tecnologias, passaremos a atender mais adequadamente também às demandas por acesso à água da região Norte”.

Central de Atendimento do MDS:
0800-707-2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021

registrado em: ,