Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2014 > Novembro > Programa Fomento beneficia 20,5 mil agricultores familiares em novembro

Notícias

Programa Fomento beneficia 20,5 mil agricultores familiares em novembro

AGRICULTURA FAMILIAR

Governo federal repassa R$ 23 milhões neste mês para apoiar projetos produtivos desenvolvidos pelas famílias com apoio de agentes de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater)
publicado  em 19/11/2014 00h00

Brasília, 19 – O governo federal está repassando, neste mês de novembro, R$ 23 milhões para 20.583 agricultores familiares que participam do Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais, do Plano Brasil Sem Miséria. Deste total, quase 12 mil famílias estão recebendo a primeira parcela dos recursos para investimento em seus projetos produtivos.

Na ação, desenvolvida pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), cada família em situação de extrema pobreza recebe R$ 2,4 mil – ou R$ 3 mil na modalidade Semiárido – para aumentar e diversificar a produção de alimentos, gerando renda para elas. Desde 2012, mais de 140 mil famílias foram incluídas no programa e já tiveram apoio de agentes de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater).

A diretora do MDS, Francisca Rocicleide da Silva, explica que o programa nasce articulado com a assistência técnica e vem sendo vinculado com a política de água para produção. “Essas políticas dão garantia de sustentabilidade para os empreendimentos a partir do recebimento dos recursos de Fomento. Os agricultores vão ter um apoio de no mínimo dois anos para assistência técnica e terá um apoio financeiro para incrementar sua produção e produzir com mais qualidade”.

Os recursos não são reembolsáveis e são transferidos diretamente às famílias por meio do cartão do Programa Bolsa Família. O pagamento dos recursos financeiros do Programa de Fomento segue o cronograma do programa de transferência de renda.

Programa – A Lei nº 12.512, que institui o Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais, foi publicada em 14 de outubro de 2011. As primeiras famílias começaram a receber as transferências de recursos em janeiro de 2012. “Desde então, a execução do programa vem crescendo mês a mês, à medida que as entidades de Ater desenvolvem em campo o cronograma de atividades, fazendo visitas individuais e dias de campo junto das famílias beneficiárias”, diz a diretora. Segundo ela, o objetivo é contribuir com o Plano Brasil Sem Miséria, superando a extrema pobreza no meio rural com qualidade na inserção produtiva.

Central de Atendimento do MDS:

0800-707-2003

Informações para a imprensa:

Ascom/MDS
(61) 2030-1021