Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2014 > Maio > Campanha promove degustação de produtos do kit lanche dos voluntários da Copa

Notícias

Campanha promove degustação de produtos do kit lanche dos voluntários da Copa

BRASIL ORGÂNICO E SUSTENTÁVEL

Alimentos da produção orgânica e da agricultura familiar farão parte dos kits que serão entregues para todos os participantes do Programa Brasil Voluntário, do governo federal
publicado  em 31/05/2014 00h00

Brasília  – “O Brasil está virando a página da fome e agora precisa estar preparado para os novos desafios, como o combate ao sobrepeso e à obesidade. E a Copa do Mundo é uma oportunidade de dar visibilidade aos produtos orgânicos e da agricultura familiar. Vamos mostrar que existem alternativas saudáveis e saborosas”, destacou o secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Arnoldo de Campos, ao apresentar neste sábado (31), em Brasília, os kits lanche da Campanha Brasil Orgânico e Sustentável. Os kits serão entregues para todos os participantes do Programa Brasil Voluntário, do governo federal.

Segundo o secretário, a ideia é que, além de alimentar os voluntários, os turistas e a população possam ter contato com esses produtos. “São produtos de alta qualidade, com certificação ambiental. Muitas pessoas ainda não conhecem esses alimentos.”

No Centro de Convenções Ulysses Guimarães, os voluntários que atuarão em Brasília na Copa do Mundo de Futebol FIFA 2014 participaram da degustação dos produtos dos kits lanche. Provaram itens como suco orgânico, castanhas, barra de cereal e frutas desidratadas, entre outros.

O estudante de Administração Rodolfo Malenha, de 18 anos, contou que é adepto de alimentos saudáveis e elogiou a iniciativa do MDS de distribuir esse tipo de produto. O jovem morou 12 anos na Austrália com sua família e resolveu participar da Copa como voluntário porque tem fluência na língua inglesa. Ele quer mostrar para os turistas o que o Brasil tem de melhor. “Muitas pessoas têm uma ideia negativa do país. Temos que mostrar que temos muitas coisas boas”, disse.

O professor e jornalista Jailson Kalludo, de 46 anos, também aprovou os alimentos do kit lanche. “Tudo o que valoriza o país é importante. E na questão da alimentação, não perdemos para país nenhum”, lembrou. Ele relatou que o interesse em ser voluntário da Copa surgiu depois que participou de outros eventos esportivos, como os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Pequim, na China.

“Para mim, o esporte é a única forma de integrar os povos em qualquer lugar”, ressaltou. Por isso, ele garante “que não há possibilidade de não participar” do Mundial.

Campanha - A distribuição dos kits lanche para os voluntários da Copa é uma das ações da Campanha Brasil Orgânico e Sustentável, coordenada pelo MDS. Foram investidos R$ 2 milhões, por meio de uma chamada pública de Compra Institucional, modalidade do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) do ministério.

Outra ação é a instalação de quiosques para a comercialização de produtos da agricultura familiar e da produção orgânica. Os espaços funcionarão entre os dias 11 e 27 de junho em 10 das 12 cidades-sede do Mundial: Brasília, Curitiba, Manaus, Natal, Fortaleza, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, São Paulo e Salvador. Neles, 60 grupos e associações, que representam mais de 25 mil agricultores familiares, vão promover e comercializar seus produtos.

Central de Atendimento do MDS:
0800-707-2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021