Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2014 > Junho > Universidade Federal do Tocantins receberá R$ 1 milhão para fortalecer Sisan

Notícias

Universidade Federal do Tocantins receberá R$ 1 milhão para fortalecer Sisan

SEGURANÇA ALIMENTAR

Instituição vai desenvolver ações de segurança alimentar e nutricional nos estados do Amapá, Pará e Tocantins
publicado  em 18/06/2014 00h00

Brasília, 18 – O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) repassará R$ 1 milhão para a Universidade Federal do Tocantins (UFT) desenvolver ações voltadas ao fortalecimento do Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Sisan). A instituição foi selecionada pelo ministério, por meio de edital. O projeto, que se estende até dezembro de 2015, irá beneficiar os estados do Amapá, Pará e Tocantins.

“O trabalho da universidade consiste em apoiar os Conselhos Estaduais de Segurança Alimentar e Nutricional [Conseas] e as Câmaras Intersetoriais de Segurança Alimentar e Nutricional [Caisans] desses estados na implantação do Sisan, bem como em ações de capacitação de gestores públicos e representantes da sociedade civil”, explicou a coordenadora geral de apoio à implantação e gestão do Sisan do MDS, Patrícia Gentil.

Entre as ações a serem desenvolvidas estão cursos de educação permanente para conselheiros, gestores e profissionais de saúde, de educação, da assistência social, entre outros; assessoria aos municípios para a construção dos planos de segurança alimentar e nutricional; realização de oficinas nos estados; e ações em comunidades indígenas e quilombolas.

Criado em 2006, o Sisan integra órgãos e entidades da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios e representantes da sociedade civil, com o objetivo de implementar políticas e planos de segurança alimentar e nutricional, estimular a integração dos esforços entre governo e sociedade civil, bem como promover o acompanhamento, o monitoramento e a avaliação da segurança alimentar e nutricional no país.

Central de Atendimento do MDS:
0800-707-2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021