Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2014 > Junho > Quiosque do Brasil Orgânico e Sustentável começa a funcionar em SP

Notícias

Quiosque do Brasil Orgânico e Sustentável começa a funcionar em SP

AGRICULTURA FAMILIAR

Seis empreendimentos comercializam produtos orgânicos e da agricultura familiar. Espaço funciona até o dia 17, no Vale do Anhangabaú
publicado  em 11/06/2014 00h00

 Brasília, 11 – A agricultora Marilda dos Santos, de 32 anos, levou doces, geleias e compotas de umbu – fruto nativo do Nordeste – para o quiosque da Campanha Brasil Orgânico e Sustentável, coordenada pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), em São Paulo. Aberto nesta quarta-feira (11), o espaço vai funcionar até o dia 17, no Vale do Anhangabaú, ao lado da Fan Fest.

Marilda representa a Cooperativa de Produção e Comercialização dos Produtos da Agricultura Familiar do Sudoeste da Bahia (Cooproaf), que reúne 150 cooperados. Segundo ela, esta é uma “oportunidade de mostrar para o Brasil e para o mundo o que é nosso, porque o umbu só dá no Nordeste”. “Às vezes, só aparece a miséria da nossa região, mas tem muita coisa boa.”

Ela conta que, na sua cidade de origem, Manoel Vitorino (BA), não existe emprego formal e que, por isso, os agricultores se reuniram em cooperativa para comercializar os derivados do umbu. Marilda disse que, em julho, os produtos serão levados para a Itália, onde acontece uma feira de economia solidária.

A cooperativa também vende os produtos para os programas de Aquisição de Alimentos (PAA) e Nacional de Alimentação Escolar (Pnae). A venda representa cerca de 80% do faturamento, que atualmente é de R$ 400 mil por ano. A expectativa para 2014 é atingir R$ 1 milhão.

Shirley Bertho, de 40 anos, foi ao quiosque conferir os produtos da agricultura familiar e da produção orgânica. Ela provou e comprou a geleia de umbu da Cooproaf. “Só tinha comido o chocolate, que tem aquele gosto azedinho, mas a geleia é uma delícia”, afirmou.

Já Márcia Colloca, de 67 anos, disse que vem mudando os hábitos alimentares e compra alimentos orgânicos em feiras específicas na capital paulista. A consumidora gostou do quiosque, que fica perto da casa dela.

Novos mercados – A ação do Brasil Orgânico e Sustentável quer incentivar a comercialização e o consumo de produtos orgânicos e da agricultura familiar antes, durante e após o Mundial. A campanha quer chamar a atenção de consumidores e empresários para a variedade de sabores e a qualidade dos produtos da agricultura familiar e mostrar as vantagens dos produtos orgânicos para a vida das pessoas e do planeta.

De acordo com o secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do MDS, Arnoldo de Campos, os quiosques são novos mercados de comercialização. "A iniciativa vai gerar renda e inserir produtivamente os agricultores familiares. Além disso, a campanha mostra ao consumidor o potencial da agricultura familiar brasileira, que cada vez está mais organizada e estruturada para atender o mercado”, disse ele.

Edi Elizabete da Rocha, de Veranópolis (RS), está comercializando no quiosque sucos de uva produzidos na propriedade de sua família. Ela afirmou que vai aproveitar o espaço do Brasil Orgânico e Sustentável para tentar alavancar o faturamento neste ano. “O quiosque veio para nos ajudar a ampliar as nossas vendas. Para nós é importante ver como o consumidor está recebendo o produto, porque é ele que vai nos dizer se estamos no caminho certo”, acredita.

Mais quatro empreendimentos estão no espaço: a Cooperativa Mista de Agricultores Familiares, Extrativistas, Pescadores, Vazanteiros e Guias Turísticos do Cerrado (Coopcerrado), a Cooperativa dos Citricultores Ecológicos do Vale do Caí (Ecocitrus), a Cooperativa dos Agricultores Familiares de Poço Fundo e Região (Coopfam) e a Cooperativa Orgânica Agrícola Familiar (Coaf). Elas comercializam suco de laranja, café moído e expresso, castanhas, biscoitos e barras de cereal.

Além de São Paulo, a campanha vai instalar quiosques com produtos orgânicos e da agricultura familiar em Brasília, Curitiba, Manaus, Natal, Fortaleza, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro e Salvador. Ao todo, cerca de 60 grupos e associações foram selecionados por edital público para expor e comercializar seus produtos.

O Brasil Orgânico e Sustentável é uma iniciativa do governo federal, realizada pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), a Agência de Cooperação Alemã (GIZ), o Instituto de Promoção do Desenvolvimento (IPD), o Programa das Nações Unidades para o Meio Ambiente (Pnuma) e a Associação Brasil Orgânico e Sustentável (Abrasos). Conta também com o apoio do Serviço Social do Comércio (Sesc).

O Brasil Orgânico e Sustentável integra as iniciativas sustentáveis do governo federal na Copa do Mundo de 2014, junto com as ações de Certificação e Gestão Sustentável das Arenas, Campanha Passaporte Verde, Resíduos e Reciclagem e Mitigação e Compensação de Emissões. A Agenda de Sustentabilidade inclui também ações em parceria com prefeituras e governos estaduais. Para saber mais, acesse: www.copa2014.gov.br

Central de Atendimento do MDS:
0800-707-2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021