Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2014 > Julho > Pronatec Brasil Sem Miséria qualifica população de baixa renda em Ijuí (RS)

Notícias

Pronatec Brasil Sem Miséria qualifica população de baixa renda em Ijuí (RS)

PRONATEC

Município já contabiliza três mil matrículas desde que o programa foi criado em 2011
publicado  em 01/07/2014 00h00

Brasília, 1º – O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), voltado ao público do Brasil Sem Miséria, qualificou mais 226 alunos no município de Ijuí (RS) nesta segunda-feira (1º). Raquel dos Santos, de 29 anos, mãe de três filhos, recebeu o diploma de auxiliar de cozinha, curso feito no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). Ela conta que conseguiu realizar um sonho.

“Sempre tive interesse nessa área. Trabalhava como faxineira, sem carteira assinada. Eu recebia o Bolsa Família que, por vezes, era a única renda que tinha, pois quando meus filhos adoeciam não tinha como ir trabalhar. Com o curso, consegui um novo emprego, de carteira assinada, e minha renda melhorou”, comemora ela, que já devolveu o Bolsa Família, porque não precisa mais do benefício.

A auxiliar de cozinha trabalha em um hospital de Ijuí. Ela pretende fazer novos cursos, como o de confeiteira, para aprimorar seus conhecimentos. Quer também realizar outro sonho: montar o próprio negócio. "Esta oportunidade que nos oferecem é uma bênção. Uma coisa é dizer que eu sei cozinhar e outra é provar com meu certificado. O mercado está cada vez mais exigente."

Criado em 2011, o Pronatec Brasil Sem Miséria já contabiliza mais de três mil matrículas no município. Os cursos mais procurados são de auxiliar administrativo, operador de computador, auxiliar de cozinha, vendedor, eletricista industrial, operador de supermercados, torneiro mecânico e balconista de farmácia.

No Rio Grande do Sul, estado com maior número de matrículas do país, já são 140,2 mil em 316 municípios, abrangendo 293 cursos. Em todo o Brasil, a população de baixa renda já efetuou mais de 1,2 milhão de matrículas em mais de 570 cursos.

Acesso – O Pronatec Brasil Sem Miséria integra uma série de políticas públicas do governo federal para promover o acesso das pessoas mais pobres, especialmente os beneficiários do Programa Bolsa Família, à qualificação profissional e ao mundo do trabalho.

No Pronatec, os cursos são gratuitos e voltados para o público de baixa renda. Pagos pelo Governo Federal, são ministrados por estabelecimentos de qualidade reconhecida pelo mercado, como os Institutos Federais e as instituições do Sistema S (Senai, Senac, Senat e Senar). Isso tem proporcionado mão de obra qualificada aos empregadores, já que os tipos de cursos oferecidos levam em conta as oportunidades abertas em cada região. Quem participa recebe gratuitamente material escolar, transporte e lanche.

Para participar do Pronatec Brasil Sem Miséria, é preciso ter no mínimo 16 anos e estar cadastrado ou em processo de inclusão no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. As matrículas podem ser feitas nos Centros de Referência da Assistência Social (Cras).

Central de Atendimento do MDS:
0800-707-2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021