Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2014 > Dezembro > Trabalho infantil caiu 64,4% no Centro-Oeste entre 2004 e 2013

Notícias

Trabalho infantil caiu 64,4% no Centro-Oeste entre 2004 e 2013

ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL

Para ampliar esforços no combate ao trabalho de crianças e adolescentes, encontro reúne representantes dos governos federal, estaduais e municipais, além de profissionais das áreas de saúde, educação, trabalho e do Ministério Público
publicado  em 08/12/2014 00h00

Brasília, 9 – A região Centro-Oeste registrou queda de 64,4% no número de crianças, entre 5 e 13 anos, em situação de trabalho infantil, entre 2004 e 2013. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) de 2013. E para ampliar esforços no combate à erradicação ao trabalho de crianças e adolescentes, o governo federal reúne nesta terça (9) e quarta-feira (10), em Brasília, gestores municipais e estaduais do Goiás, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso para participar do Encontro Intersetorial das Ações Estratégicas do Peti – Região Centro-Oeste.

O evento tem como objetivo fortalecer a intersetorialidade no enfrentamento ao trabalho infantil, entre os diversos atores que atuam nas cidades, como delegacias do trabalho e Ministério Público, e orientar governos estaduais e prefeituras sobre as ações estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), no âmbito do Sistema Único de Assistência Social (Suas).

Para a secretária nacional de Assistência Social do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Denise Colin, os dados mostram uma redução expressiva nas atividades tradicionais de trabalho infantil na região. “A fiscalização dessas atividades, a presença das crianças nas escolas e os serviços de assistência social foram os principais fatores para a mudança desse cenário”, destacou. Em 2004, 96% de crianças de 5 a 13 anos na região Centro-Oeste estavam na escola. Em 2013, o número chegou a 98%.

Em 2013, o ministério redesenhou o Peti e agregou novas estratégias àquelas que já vêm sendo executadas. A agenda do programa envolve um amplo processo pautado no fortalecimento da atuação do Sistema Único de Assistência Social (Suas) e na articulação intersetorial, que abrange desde o planejamento das ações estratégicas até a execução e monitoramento das ações nos municípios.

Serviço
Encontro Intersetorial das Ações Estratégicas do Peti – Região Centro-Oeste
Quando: terça (9) e quarta-feira (10), das 9h às 18h
Onde: Auditório da Universidade Católica de Brasília – 916 Norte – Brasília (DF)

Informações para a imprensa:

Ascom/MDS
(61) 2030-1021