Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2014 > Dezembro > Prefeituras da Amazônia Legal recebem lanchas oceânicas da Assistência Social

Notícias

Prefeituras da Amazônia Legal recebem lanchas oceânicas da Assistência Social

BUSCA ATIVA

Equipamentos apoiarão o trabalho das equipes volantes de assistência social nos municípios na busca ativa de ribeirinhos e extrativistas
publicado  em 17/12/2014 00h00
Brasília – O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) promove, nesta quarta-feira (17), em Belém, ato de doação de 15 lanchas para municípios nos estados do Amapá, Pará e Maranhão. As embarcações fazem parte do Plano Brasil Sem Miséria e facilitarão o deslocamento das equipes de assistência social para realizar a busca ativa de ribeirinhos e extrativistas em pobreza e extrema pobreza em comunidades ainda não incluídos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, além do acompanhamento das famílias já atendidas.
 
“Estamos atingindo famílias isoladas e vulneráveis que sempre tiveram a ausência do acesso a serviços públicos e que requerem uma maior presença do Estado. As embarcações são uma ponte da assistência social para esta população que se encontra excluída”, ressaltou a secretária nacional de Assistência Social do MDS, Denise Colin.
 
Cada lancha tem capacidade para transportar até 12 pessoas, sendo dois tripulantes. As embarcações oceânicas são para áreas fluviais com influência de água oceânica, com ondas altas e que sofrem ação do vento, provocando correntezas e marés e serão entregues pela Marinha do Brasil nos próximos dias. Os equipamentos foram construídos na Base Naval de Val-de-Cães, em Belém.
 



O investimento total do MDS na construção das lanchas oceânicas é de R$ R$ 5,3 milhões. Após a assinatura do termo de entrega, as prefeituras recebem ainda repasse de R$ 7 mil mensais do governo federal, para a manutenção das embarcações, compra de combustível e contratação de pessoal.
 
Com as lanchas, as equipes volantes podem ampliar o atendimento à população ribeirinha. Elas oferecem todos os serviços de proteção básica dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras): identificação de situações de vulnerabilidade e risco social, acolhimento, reuniões com as famílias, visitas domiciliares, atendimentos individuais e em grupo, ações comunitárias, encaminhamentos e articulações com outras políticas para atender a população.
 
Lanchas sociais – As lanchas oceânicas que estão sendo entregues se somam a outras 123 embarcações fluviais que já foram doadas pelo MDS, apropriadas para lagos, lagoas, baias, rios e canais. As prefeituras beneficiadas são dos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. O governo federal investiu R$ 28,6 milhões nesta ação.
 
 
Central de Atendimento do MDS:
0800-707-2003
 
Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021