Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2014 > Dezembro > Governo e parceiros debatem resultados da inclusão produtiva rural

Notícias

Governo e parceiros debatem resultados da inclusão produtiva rural

INCLUSÃO PRODUTIVA

Seminário em Brasília vai abordar desafios e perspectivas para ampliação do alcance da estratégia de inclusão produtiva no campo do Plano Brasil Sem Miséria
publicado  em 24/06/2015 14h54

Brasília, 9 – Pelo menos 350 mil famílias de áreas rurais que viviam em condição de extrema pobreza receberam apoio do governo federal para qualificar, aperfeiçoar ou dar início a atividades produtivas para que pudessem, a partir do trabalho próprio, aumentar a produção de alimentos e a renda, superando a extrema pobreza.

As ações integram a rota de inclusão produtiva rural no âmbito do Plano Brasil Sem Miséria e envolvem diferentes órgãos federais, estaduais e parceiros da sociedade civil. Os resultados alcançados serão discutidos, nesta quarta-feira (10), no seminário Inclusão Produtiva Rural – Experiências, Perspectivas e Desafios a partir do Plano Brasil sem Miséria, em Brasília.

Promovido pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), a Unesco e o Banco Mundial, o evento reúne gestores públicos, beneficiários e especialistas com o objetivo de discutir desafios e perspectivas para a ampliação do alcance e dos resultados da estratégia de inclusão produtiva rural, executada de forma exitosa no período entre 2011 e 2014.

“Uma das maiores vitórias a serem comemoradas é que a renda das famílias extremamente pobres no campo melhorou em 88%, entre dezembro de 2011 e junho de 2014”, afirma a ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, que participa da abertura do evento. “Na pior seca da história recente do nosso país, a renda aumentou porque havia uma rede de proteção social e o esforço dessa população para plantar e vender seus produtos.”

No encontro, beneficiários de diferentes regiões do país contarão suas histórias e experiências de acesso aos programas de inclusão produtiva rural, como o Programa Água para Todos, com as tecnologias de água para produção, o Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais, que combina o apoio técnico a recursos para investimentos produtivos, o Microcrédito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e o Programa Bolsa Verde, entre outras ações.

Ao final do evento, serão lançados o vídeo “Inclusão Produtiva Rural e a Segurança Alimentar e Nutricional” e o livro “O Brasil sem miséria” – em meio a uma mostra fotográfica do tema.

Referência O Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal é a principal referência para a identificação dos beneficiários das ações de inclusão produtiva rural do Plano Brasil Sem Miséria, combinado com outras ferramentas de registros das famílias rurais.

A partir do Cadastro, as famílias beneficiárias acessaram diferentes programas, entre eles, o Programa Cisternas, que apoiou a implantação de mais de 88 mil tecnologias sociais de água para produção, e o Programa Fomento, que já disponibilizou recursos não reembolsáveis para mais de 130 mil famílias executarem seus projetos produtivos.

A estratégia de inclusão produtiva rural foi ousada em vários aspectos: abrangente ao envolver centenas de milhares de brasileiros que foram “procurados” pelo Estado por uma ação de busca ativa; estruturante, uma vez que visa ampliar as capacidades e as oportunidades da família por meio do trabalho; e inovadora porque associa diferentes instrumentos de políticas públicas tendo como referência o beneficiário. Dessa forma, a estratégia tem produzido mudanças no cotidiano de vida e de trabalho das famílias beneficiárias a partir das iniciativas que desenvolvem, fazendo com que mais brasileiros permaneçam na terra que escolheram para trabalhar e viver com suas famílias.

O Plano Brasil Sem Miséria é uma ação do governo federal criada em 2011 estruturada em três frentes fundamentais para a inclusão social no Brasil: garantia de renda, acesso a serviços públicos (como educação, saúde, saneamento e energia elétrica) e inclusão produtiva, tanto urbana quanto rural.

Acesse aqui os resultados da inclusão produtiva rural do Brasil Sem Miséria.

Confira a programação do seminário.

Central de Atendimento do MDS:
0800-707-2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021