Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2014 > Dezembro > “É preciso transgredir barreiras e não frear diante das dificuldades”

Notícias

“É preciso transgredir barreiras e não frear diante das dificuldades”

BOLSA FAMÍLIA

Ex-beneficiária, a carioca Ethiene Wenceslau é a primeira de sua família a cursar faculdade
publicado  em 16/12/2014 00h00

Brasília – Ex-beneficiária do Bolsa Família, a carioca Ethiene Wenceslau, 22 anos, é a primeira de sua família a entrar na universidade – ela faz Direito na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). Com o apoio dos programas sociais do governo federal, ela está conseguindo escrever uma história diferente da de sua mãe, que não concluiu o ensino fundamental. “É preciso transgredir barreiras e não frear diante das dificuldades. Tudo pode ser ultrapassado”, diz, com o tom de voz firme de quem sabe aonde quer chegar.

Moradora da comunidade Vila Cruzeiro, localizada no bairro da Penha, Ethiene conta que seus amigos entraram na universidade na mesma época que ela pelo sistema de cotas. “Há um tempo, não tinha nenhum amigo meu fazendo faculdade”, pondera.


Até o início deste ano, a mãe da jovem recebia o benefício do Bolsa Família, o que ajudava a suprir as necessidades de Ethiene e mais dois filhos. Atualmente, o programa complementa a renda de 14 milhões de famílias brasileiras.

Para entrar na faculdade, Ethiene enfrentou uma rotina exaustiva no último semestre do ensino médio. Precisou conciliar diariamente a escola pela manhã, o estágio obrigatório à tarde e as aulas em um pré-vestibular social à noite. Conseguiu desconto integral em um curso preparatório particular, que frequentava todos os sábados das 8h às 17h. “Quando você quer cumprir um objetivo, você faz de tudo para alcançá-lo”, diz a futura advogada.

Atualmente, a estudante faz estágio no departamento jurídico da empresa Souza Cruz, onde ganha aproximadamente R$ 1,2 mil. Ela diz que se sente feliz em conseguir cumprir, pouco a pouco, as metas que estabeleceu, mas ainda tem muitos planos e sonhos. Quer ter tempo para fazer um curso de francês, comprar uma casa em um lugar melhor para a mãe e deseja conhecer a Europa, “por conta da França, que é o meu sonho”, revela.

Central de Atendimento do MDS:
0800-707-2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1021